AS COISAS VELHAS PASSARAM


Muito se fala no iPhone, um dos objetos mais desejados da atualidade, porém o Google pode ameaçar este reinado com uma nova proposta ao mundo dos celulares, o G1.

O T-Mobile G1 é o primeiro celular a rodar o sistema operacional do Google, desenvolvido para celulares, chamado Android, e é claro que o Google ganhará dinheiro com isso, pensando no aumento de navegação que o uso do Android gerará.

O sistema utiliza a já famigerada tecnologia touch-scren.


Link com explicação mais detalhada, pelos engenheiros do Google.

Mas a meu ver a principal vantagem está no fato de o Android ser um sistema open source – também chamado de software de código aberto ou livre.

O que isso significa?

Significa código fonte aberto. Programas open source divulgam seus códigos fonte para que qualquer pessoa com conhecimentos de programação possa fazer modificações a fim de criar eventuais melhorias ou mudanças;

Qualquer um pode baixar o código fonte do programa, estudá-lo ou mesmo aperfeiçoá-lo;

O próprio Google disponibiliza o Android para ser baixado gratuitamente.

Isso tem muitas implicações, abre-se uma nova fronteira no desenvolvimento de software para celulares, haverá saltos de inovações, soluções serão criadas numa demanda muito maior, neste caso a evolução do software é constante, o desenvolvimento de novas tecnologias não estará restrito a uma equipe de uma determinada empresa ou sujeita a orçamentos, mas às comunidades de desenvolvedores.

O Google também criará uma loja de aplicativos, onde irá concentrar a inovações para o celular, será chamada de Android Marketplace, onde os proprietários do G1 e os futuros celulares com Android poderão fazer o download desses programas.

Fora que o Android já roda como base diversos aplicativos do Google – como a busca do Google, os mapas, o Gmail e o YouTube .

Um bom exemplo de software livre é o Firefox, ele é aperfeiçoado constantemente, existem uma infinidade de plugins (aperfeiçoamentos) para as mais variadas necessidades. Quem usa sabe, um Firefox não é igual a outro.

Agora essa filosofia chega ao mundo dos celulares de uma maneira mais presente, em outras palavras o Android será um sistema para celulares em constante metamorfose, ou mesmo, em inúmeras versões, uma para cada gosto. O Android vem pra ficar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: